Aldeia dos Pequeninos

pesquisar

 
Daisypath Anniversary tickers
Segunda-feira, 28 / 02 / 11

As dimensões do educador de infância

 

O educador de infância:

  • Baseia-se em várias perguntas às quais tem de dar resposta sempre que realiza uma actividade.
  • Tem em conta vários documentos educativos (ex: OCEPE)
  • Deve proporcionar aprendizagens de diferentes naturezas.
  • Estimula a autonomia dos alunos e a ensina-os a agir em sociedade.
  • Desenvolve competências importantes para o sucesso escolar das crianças.
  • Respeita as diferenças culturais e sociais.
  • Combate a exclusão e a discriminação.
  • Revela capacidade de comunicação.
  • Sabe estabelecer relações.
  • Controla as suas emoções.

Funções:

  • Civíca
  • Educativa

É importante estar sempre a aprender, por isso o educador de infância deve ter em conta os seguintes aspectos:

  • Reflectir sobre as suas práticas.
  • Fazer investigação.
  • Reflectir sobre os seus deveres e procedimentos éticos.
  • O trabalho em equipa.
  • Desenvolver competências.
  • Participação em projectos de investigação.

Para se ser um bom educador de infância é essencial ter em conta as seguintes dimensões:

  • Profissional
  • Social
  • Ética
  • Progresso profissional vitalício
sinto-me:
publicado por olharovazio às 18:20
Sexta-feira, 18 / 02 / 11

Brinquedos para crianças com necessidades especiais

 

Normalmente chamamos "crianças especiais" aquelas que apresentam problemas na aprendizagem ou no comportamento, problemas emocionais ou perda da função psicológica, fisiológica ou anatómica. Estas crianças precisam de muito carinho,m paciência, atenção, amor e também, é claro, de brincar. A brincadeira tem assim um papel determinante no processo de aprendizagem, tornando possível o conceito de aprender através da diversão. Crianças com necessidades especiais podem brincar com brinquedos ditos normais. Mas há que ter em conta alguns pontos:

 

  • ser inquebráveis
  • não exibir extremidades aguçadas
  • ter cores vivas
  • apresentar partes móveis
  • ser agradáveis ao toque
  • apresentar diferentes texturas
  • se possível, emitir sons.


Alguns exemplos de brinquedos que cumprem estes requisitos: Bola (que faça barulho, de borracha macia), animais de borracha macia ou de peluche, chocalhos, bonecas de trapo, quebra-cabeças, fantoche, diversos brinquedos (em tecido, madeira e/ou borracha).

Cada brinquedo pode ser como que "especializado" para cada caso. A estímulação da criança especial para o uso de brinquedos, pode expandir o seu potencial, promover o seu desenvolvimento, ao ajustá-los às necessidades ajustadas e as suas possibilidades.

Algumas crianças com necessidades especiais podem ter dificuldades para manipular brinquedos convencionais, mas os pais e/ou educadores podem adaptar ou criar brinquedos, tornando-os assim apropriados.

É preciso motivar a criança para o manuseamento dos brinquedos. A criança, nalguns casos, não fará isso sozinha, por isso deve ajudá-la. mas, não exija da criança uma manipulação incompatível com a sua realidade e maturidade.

Muitos pais e educadores sabem que os brinquedos tornam mais fácil o processo de ensino-aprendizagem, mas é também necessário que descubram vários tipos de brinquedos, para além de formas alternativas de explorar estes brinquedos e as suas especificidades. É também muito importante perceber a dinâmica social das crianças, de forma a (re)conhecer a condição da deficiência na sociedade como um todo, bem como o desenvolvimento da criança especial por meio da actividade lúdica. Desta maneira as crianças especiais, podem experimentar vivências lúdicas mais benéficas.

A riqueza de um brinquedo é função da sua capacidade de estimular a imaginação infantil. O brinquedo auxilia a criança a sentir-se protegida e a superar alguns sentimentos de dor, de frustração ou de perda. O brinquedo é, portanto, um estímulo para o desenvolvimento físico e mental da criança.

Pode afirmar-se que o brinquedo contribui definitivamente no processo de socialização, desenvolvendo na criança a expressão e a comunicação verbal, podendo ainda fazer com que a criança participe prontamente dos processos de aprendizagem de uma forma feliz e divertida.
Para a criança o brincar é necessário, uma vez que contribui para seu desenvolvimento, bem como para sua capacidade de aprender e de pensar.

Assim sendo, devemos oferecer a uma criança especial brinquedos que se adequem às suas necessidades e capacidades, visando promover um cuidado eficaz para o seu desenvolvimento integral.

 

In: Educação TE

sinto-me:
publicado por olharovazio às 21:40
Quinta-feira, 10 / 02 / 11

Metodologia dos "Touchpoints" de Brazelton

 

O que são?

- Representam períodos de vulnerabilidade para os pais
- São oportunidades para a entrada no sistema familiar, prevenindo o stress dos pais e antecipando problemas.
- Constituem um reforço das forças familiares, que se reafirma como sistema no próprio Desenvolvimento da Criança.

 

1º PONTO de REFERÊNCIA: Consulta Pré-Natal
- Idealmente aos 7 meses, com ambos os futuros Pais
- Bebé sonhado - expectativas
- Partilha de ansiedade e medos - preocupações
- Dúvidas e perguntas universais
- Preparação para o nascimento
- Peito vs Biberão
- Pediatra como advogado do bebé

 

2º PONTO de REFERÊNCIA: Recém Nascido
- Revelação das competências do bebé e sensibilização dos pais para o seu repertório comportamental; características individuais
- Recém-pais : ansiedade, re-organização dinâmica familiar
A vinculação tem 1 “timing” individual

 

3º PONTO de REFERÊNCIA: 1 semana
-Pais: felicidade vs ansiedade ( benefício / malefício)
- Vinculação pais-bebé, Identificação de parecenças com a família
-Aquisição de rotinas dos cuidados do bebé
-Reforço e aconselhamento sobre aleitamento
- Identificação dos choros (dor, fome,desconforto, fadiga, aborrecimento, descarga emocional) e mecanismos de auto-compensação

 

4º PONTO de REFERÊNCIA: 3 semanas
- Comunicação entre o bebé e o cuidador (tocar, balançar) sincronia com o comportamento do bebé
- Compreensão pelos recém-pais dos estádios de comportamento do bebé (forma de linguagem)
- Esclarecer sobre a possibilidade de período de cólicas e rabugice / agitação (entre as 3 e 12 sem. período de agitação diário, ao final do dia, com agitação prévia  sobrecarga do S.N. imaturo, reorganização para próximas 24 horas
- Pais exaustos: típica mãe mal-arranjada / bebé “lindo”
- Eventual depressão materna pós-parto
- Problemas alimentares
- Sono: padrões de sono + predictíveis (EEG mais maduro), adaptação dos cuidadores ao padrão de sono

 

5º PONTO de REFERÊNCIA: 6 - 8 semanas
-Comunicação com o bebé: sorriso, riso, “palrar” – resposta diferenciada às brincadeiras do Pai/Mãe
- Temperamento do bebé e adaptação dos pais
- Identificação do tipo de choro
- Regime alimentar
- Rabugice / cólicas
- Padrões de sono / alerta mais predictiveis
- Capacidades motoras
- Capacidades cognitivas

 

 

 

6º PONTO de REFERÊNCIA: 4 meses
-Diversificação Alimentar: refeição como espaço de comunicação
- Sono : aprendizagem da autonomia; explicação dos ciclos do sono; rituais de adormecimento
- Aumento do interesse no ambiente, novas aquisições psico-motoras (tónus cefálico)
- Pais: pico do “love-affair” com o bebé – EXCELENTE SINAL DE VINCULAÇÃO

 

7º PONTO de REFERÊNCIA: 7 meses
- Surto de interesse no ambiente
- Actividade manipulativa marcada (grande actividade motora)
- Comunicação ( linguagem) e aprendizagem aumentadas
- Inicio da reacção ao estranho
- Características temperamentais
- Sono: eventualidade da disrupção

 

8º PONTO de REFERÊNCIA: 9 meses
- Disciplina: o “não” – consciência do proibido
- Aumento da motricidade, pinça como autonomia, visão do mundo de pé
- Regressão do sono --> Rituais de adormecer
- Objecto de transição
- Diminuição do apetite - perda do apetite fisiológica - Movimento como grande objectivo
- Noção da permanência do objecto
- Auto-estima

 

9º PONTO de REFERÊNCIA: 12 meses
- Aumento da independência: aumento da mobilidade, Inicio da autonomia
- Linguagem: + compreensiva/expressiva ( 1-2 palavras)
- Aprendizagem da separação, explicar à criança que voltamos; protesto é saudável (angustia da separação)
- Reacção ao estranho
- Negativismo (caminho da independência)
- Birras (inicio: pico aos 2-3 anos)

 

10º PONTO de REFERÊNCIA: 15 meses
-Sono: dorme toda a noite
- Angústia da separação
- Vinculação pai ≠ mãe
- Diferenças individuais: aceitação pelos pais da criança e não tentarem modelar a criança ideal

 

11º PONTO de REFERÊNCIA: 18 meses
- Negativismo/Cooperação (2 faces da mesma moeda)
- Disciplina: exploração pela criança dos diferentes limites de tolerância (pais, avós, outros)
- Sono e rituais: história, objecto de transição
- Separação
- Aprendizagem e jogo (jogo paralelo - imitação)
- Auto-imagem, exploração do corpo

 

12º PONTO de REFERÊNCIA: 2 anos
- Jogo imitativo, Jogo simbólico
- Sentido de finalidade e de causalidade
- Grande aumento da linguagem
- Sono: pode iniciar-se terrores nocturnos
- Adormecer: monólogos, com associação de acontecimentos ocorridos durante o dia
- Negativismo/Agressão/Espasmos de afecto
- Tarefas domésticas
- Atenção à TV (não é uma baby-sitter)

 

13º PONTO de REFERÊNCIA: 18 meses
- Aprendizagem dos hábitos de higiene --> Controlo dos esfíncteres
- Medos e fobias (atenção à TV)
- Imaginação e fantasia (amigo imaginário da criança única)
- Relação com outras crianças
- Entrada no Jardim de Infância

 

In: Apontamentos de Saúde Infantil

sinto-me:
publicado por olharovazio às 20:42
"A educação tem raízes amargas, mas os frutos são doces." ( Aristóteles )

mais sobre mim

Visitinhas...

Estão aqui:

online counter

Translator

Locations of Site Visitors

Fevereiro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
O que acham do blogue?
Excelente
Muito Bom
Bom
Razoavel
Fraco/Com pouco conteudo
Muito Fraco
  
pollcode.com free polls
Que tema esta mais interessante?
  
pollcode.com free polls 

Sigam o blogue:

ideias partilhadas

  • Olá queria saber se estão instaldos em Sao Miguel,...
  • isso eh logico
  • Bom dia,O meu nome é Sofia Carvalho e sou gestora ...
  • Bom dia!Recebi sua visita a um dos meus blogs: Sin...
  • Ainda bem que gostaste :)beijoss
  • Olá,Passei para conhecer o espaço, após o comentár...
  • muito obrigado pelo comentario :DBom blog , beijin...
  • Ahaha sim foi um episodio daqueles, com direito a ...