Aldeia dos Pequeninos

pesquisar

 
Daisypath Anniversary tickers
Quinta-feira, 04 / 10 / 12

Canções infantis pelo mundo

 

Bósnia

Abraham ma sedem sinou

Sedem sinou Abraham

Vsi so pili, vsi so jedli

Vsi so delali tako

Vsi tako, vsi tako, vsi so delali tako

Vsi tako, vsi tako, vsi so delali tako

 

Rússia

Jimba, jimba papalusjka

jimba, jimba, jimba papagai

Jimba, jimba papalusjka

Jimba, jimba papagai

Trá-lá-lá-lá-lá-lá-lá jimba papalusjka

Trá-lá-lá-lá-lá-lá-lá jimba papagai

Trá-lá-lá-lá-lá-lá-lá jimba papalusjka

Trá-lá-lá-lá-lá-lá-lá jimba papalusjka

 

Espanha

Assim se dança a yienka

Assim se dança a yienka

Assim se dança a yienka

Assim se dança a yienka

Esquerda, esquerda, direita, direita

À frente,atrás e um, dois, três

Esquerda, esquerda, direita, direita

À frente, atrás e um, dois, três

sinto-me:
tags:
publicado por olharovazio às 23:14
Segunda-feira, 18 / 06 / 12

Benefícios da música no desenvolvimento da criança

A música actua no corpo e desperta emoções.

Pode aumentar e equilibrar o metabolismo.

Aumenta ou diminui a pressão.

Interfere na receptividade sensorial.

Minimiza a fadiga.

Age na digestão.

Age nas secreções e nas redes neurológicas.

Pode diminuir o colesterol na corrente sanguínea.

Actua no equilíbrio emocional.

Actua no autoconhecimento.

Contribui com a integração social, pois através dela a criança desenvolve a capacidade de ouvir, perceber, discriminar diferentes géneros, estilos, ritmos, sensações e pensamentos.

Desenvolve a sensibilidade.

Desenvolve a concentração.

Desenvolve a coordenação motora.

Desenvolve a acuidade auditiva.

Respeito a si próprio e ao próximo.

Disciplina pessoas.

Destreza do raciocínio.

Facilita o processo de alfabetização.

Facilita o estudo de línguas estrangeiras.

Transmite alegria, verdades e sonhos através de uma metodologia lúdica e dinâmica própria do universo infantil.

Melhora a capacidade de memorização.

 

 

 

In: Trabalho Música na Aprendizagem

sinto-me:
tags:
publicado por olharovazio às 21:52
Sábado, 18 / 12 / 10

Música para bebés

 

Factores cognitivos, afectivos, psicomotores, bem como os actuais contextos sociais e culturais exigem progressiva e inevitavelmente uma formação musical integrada na educação global da criança através de diferentes objectivos gerais e específicos, contributivos para o seu crescimento e desenvolvimento a todos os níveis.

A audição é provavelmente o primeiro sentido a ser desenvolvido logo no ventre materno. Tal como acontece relativamente à visão, em que os primeiros meses de vida, quando a criança começa a diferenciar as cores se devem activar os estímulos oferecendo-lhe um ambiente rico em cores vivas e diversificadas, a mesma diversificação deve ser oferecida do ponto de vista auditivo com o objectivo de estimular essa mesma capacidade de diferenciação, para que a criança não venha a sofrer de uma espécie de daltonismo musical quando adulta. Urge desta forma alargar o espectro de referências da criança através de:

 

  • Exemplos musicais curtos - 10 a 15 segundos para captar a sua verdadeira concentração, independentemente da função terapêutica que possa ter a chamada "música de fundo".
  • Exemplos musicais contrastantes, do ponto de vista do andamento e da intensidade para que a mesma concentração não se desvaneça ao fim do segundo ou do terceiro exemplo.
  • Oferta musical estilisticamente variada: música de diferentes estilos e épocas para que tenha acesso a diferentes linguagens.
  • Música de densidade variada: grandes orquestras, pequenos ensembles, instrumentos solistas, vozes humanas, etc.
  • Música ao vivo sempre que possível.

Na impossibilidade de acesso a música ao vivo, cabe ao professor esse papel, principalmente através do canto. Julga-se ser a voz humana o veículo privilegiado para captar a atenção de um recém-nascido, pela aproximação tímbrica daquilo que lhe poderá ser mais familiar: a voz da mãe ou do pai. No entanto, todos os timbres que o professor possa oferecer à criança são bem-vindos. Assim, o professor de música, enquanto artista privado dos bebés, deverá sempre que possível:

 

  • Cantar pequenas melodias construídas em linguagens diversificadas, nunca se limitar ao sistema tonal, oferecer igualmente melodias modais e atonais.
  • Cantar as mesmas melodias em monodia ou acompanhadas por um instrumento ou suporte gravado.
  • Oferecer pequenas melodias em instrumentos variados: flauta de bisel, guitarra, jogo de sinos, xilofone.
  • Oferecer também timbre de instrumentos de altura indefinida: brinquedos musicais, instrumentos de percurssão Orff, etc.

 

 

A partir do segundo ano de vida, o trabalho com as crianças desta idade deve ter a preocupação de proporcionar:

 

  • A vivência do andamento: movimentos constrastantes rápidos e lentos sempre adequados à música que estamos a ouvir.
  • A vivência da altura do som: movimentos ascendentes para os sons agudos e descendentes para os sons graves.
  • A vivência da intensidade: gestos que retratem corporalmente e/ou com auxílio de objectos as sensações de forte e de fraco.
  • A vivência do timbre: identificação dos sons do meio ambiente numa primeira fase e a posterior associação de diferentes instrumentos a animais ou cores ou outra qualquer forma de sistematizar e classificar a distinção. Podem ainda ser associados à própria imagem do instrumento ou ao gesto adoptado para o praticar.
  • A vivência da pulsação ou de "tempo": caminhando, saltando, gatinhando, balançando, arremessando, ou acompanhando com maracas ou outros instrumentos de qualquer peça musical.
  • A utilização de pequenas canções, rimas e lenga-lengas: com a preocupação de conterem essencialmente monossílabos que comecem a ser reproduzíveis.
  • A utilização de pequenas histórias musicais: desde que a música tenha um papel pictórico importante e não secundário em relação à história.

 

 

 

Retirado de:

Foco Musical

sinto-me:
tags:
publicado por olharovazio às 22:17
"A educação tem raízes amargas, mas os frutos são doces." ( Aristóteles )

mais sobre mim

Visitinhas...

Estão aqui:

online counter

Translator

Locations of Site Visitors

Janeiro 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
O que acham do blogue?
Excelente
Muito Bom
Bom
Razoavel
Fraco/Com pouco conteudo
Muito Fraco
  
pollcode.com free polls
Que tema esta mais interessante?
  
pollcode.com free polls 

Sigam o blogue:

ideias partilhadas

  • Olá queria saber se estão instaldos em Sao Miguel,...
  • isso eh logico
  • Bom dia,O meu nome é Sofia Carvalho e sou gestora ...
  • Bom dia!Recebi sua visita a um dos meus blogs: Sin...
  • Ainda bem que gostaste :)beijoss
  • Olá,Passei para conhecer o espaço, após o comentár...
  • muito obrigado pelo comentario :DBom blog , beijin...
  • Ahaha sim foi um episodio daqueles, com direito a ...